Planta de Guimarães de 1569  
     
 

Já está disponível a edição da planta de Guimarães, a mais antiga representação daquela cidade conhecida, datada de 1569.

A planta de Guimarães é, de todas as plantas da velha vila de Guimarães conhecidas, a primeira e a mais rigorosa. Datada, no respectivo inventário, de cerca de 1569, está traçada com assinalável rigor, acrescentando alguns contributos importantes para uma melhor compreensão do perfil urbano da cidade no passado e da sua evolução ao longo do tempo, introduzindo novos e relevantes elementos para o conhecimento da configuração da antiga Guimarães. Esta edição é uma reprodução fiel do original que actualmente se encontra na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

A sua existência havia sido referida pelo Prof. Mário Gonçalves Fernandes, no último Congresso Histórico de Guimarães.

A planta, impressa no formato original, está disponível na Livraria da Sociedade Martins Sarmento, pelo preço de 25 euros, podendo ser encomendado pelo email [email protected]

 
 
Sherlock Holmes no Porto  
     
 

Depois de Uma Excursão ao Soajo em 1882, de Francisco Martins Sarmento e José Leite de Vasconcelos, a colecção de minimis - a edição de bolso da Sociedade Martins Sarmento - edita o seu segundo número: Sherlock Holmes no Porto. Da autoria de um tal de Donan Coyle, pseudónimo do ilustre vimaranense João de Meira, Sherlock Holmes no Porto, escrito em 1912, mostra-nos Holmes e Watson em acção no eléctrico em Paranhos, na Faculdade de Medicina e em vários cenários de um Porto londrino a desvendar o mistério de O Cadáver que se evade e O "Truc" de Mr. Raymond, as duas histórias que compõem esta série.

A colecção de minimis é dedicada a textos marginais, obras imperfeitas, peças acidentais e outros objectos avulsos de reduzidas dimensões, recolhidos nos salvados de autores consagrados, esquecidos e imprevistos. A colecção tem uma tiragem de 300 exemplares numerados, dos quais 250 são postos à venda.

O livro encontra-se à venda na Livraria da Sociedade Martins Sarmento, pelo preço de 5 Euros e pode ser encomendado pelo email [email protected]

 
 
Revista de Guimarães  
     
 

Já se encontra disponível o volume 115/116 da Revista de Guimarães. Com nota de apresentação do Director, Agostinho Ferreira, a edição inclui os seguintes artigos:

- Trabalhos Arqueológicos na Citânia de Briteiros Campanhas de 2005 e 2006, de Francisco Sande Lemos e Gonçalo Passos Correia da Cruz.

- A arte rupestre da Citânia de Briteiros - o penedo dos sinais, um caso atlântico, de Joana Valdez e Lucínia Oliveira.

- Duas ombreiras decoradas "castrejas" oriundas do alto do castelo (Salto, Montalegre). Influências mediterrânicas e complexificação social na segunda idade do ferro do noroeste peninsular, por João Mário Martins da Fonte Alfredo González-Ruibal.

- Património e Educação Histórica: contributos para a prática da cidadania numa sociedade aberta - Um estudo no centro histórico de Guimarães, de Helena Pinto.

- A construção da rede escolar: o ensino elementar no concelho de Guimarães durante o século XIX, de Ana Tereza Braga Tavares de Araújo.

- Um breve apontamento inédito sobre a localização da Batalha de S. Mamede, de Filipe Alves Moreira.

- Migrações, Nupcialidade e Transição da Fecundidade. Estudo de caso no Bonfim, paróquia da cidade do Porto, por Rui Leandro Maia.

- Dois inventários seiscentistas da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira de Guimarães por António José de Oliveira.

A Revista de Guimarães pode ser adquirida na Loja do Museu da Sociedade Martins Sarmento ou através do email [email protected]

 


cheap Ncs yeti cup cheap Ncs gymshark Yoga clothing NCS European News Web cheap Ncs off white Sportswear Ncs National news cheap Ncs swissgear backpack cheap Ncs anello backpack NCS European News Web NCS European websites cheap Ncs fjallraven backpack